Em Busca de uma Nova Vida! Abr/24

Olá Parceiros em Missões,

“Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.” – Isaías 55:6

Sempre é uma alegria poder compartilhar de nossas vidas e ministério. Mesmo diante de tantos desafios e situações difíceis, agradecemos a Deus pelo Seu cuidado e, especialmente, por poder contar com o apoio e as orações de cada um de vocês, que fazem toda a diferença para seguirmos o caminho que o Senhor nos propôs. Louvamos a Deus por suas vidas!

Em Busca de uma Nova Vida!

Jy um amigo refugiado, fez uma jornada quase impossível em busca de uma nova vida. Depois de abandonar sua família, sua casa e seu povo, ele viajou por cinco dias até o Senegal, onde se juntou com outras dezenas de pessoas com o desafio de superar o oceano Atlântico para chegar à Europa. Pagou quase 450 Euros por esta viagem e esperou por cinco dias até que vez chegasse para embarcar em “Cayuco”. Era um barco grande e junto com outras 85 pessoas em um caminho de quase 1.400 quilômetros até as Ilhas Canárias. As condições do barco eram muito difíceis, era um barco velho e cada espaço era disputado entre os refugiados, cada um cheio de histórias de perdas e sonhos interrompidos. Não havia lugar sequer para sentar-se, e a tensão e o medo entre todos era grande. Jy me contou que foram 12 dolorosos dias no mar, cada hora parecia uma eternidade. O sol era forte, as noites eram frias e era difícil até mesmo fazer suas necessidades básicas no mar, enfrentaram a fome e a sede, às vezes alguns golfinhos se tornavam companheiros nesta jornada. Algumas vezes as ondas vinham fortes sobre o barco e gerava muita tensão, pois sabiam que nestas águas muitos já tinham naufragados em barcos como o seu. Havia também uma grande apreensão, pois o tempo de chegada se prolongava já por dois dias e manter a esperança em meio a desolação era algo muito difícil. Finalmente, avistaram a Ilha de Ferro, nas Ilhas Canárias. A chegada não foi apenas uma conquista física, mas um troféu da determinação diante das adversidades de uma jornada incerta. Jy finalmente, depois de muitos dias, está salvo em um centro de refugiados improvisado na ilha. Ali, passou pelos primeiros atendimentos, e logo depois foi enviado de Canárias para o centro de acolhimento emergencial, onde sirvo aqui em Almería, junto com outros 500 refugiados que foram transferidos das Ilhas Canárias. Jy carrega consigo não apenas algumas poucas roupas, mas também os traumas invisíveis de uma travessia desafiadora. Sua história é apenas uma das mais de 15 mil pessoas que chegaram à Canárias nestes primeiros meses de 2024, um aumento de mais de 500% em ralação ao mesmo período do ano passado. Esta é a luta incansável dos refugiados para superar o mar, que se tornou um muro em sua busca de uma vida melhor. Compartilho a história de Jy para aumentar a conscientização sobre os desafios enfrentados pelos refugiados. Enquanto trabalhamos voluntariamente entre esses refugiados para oferecer apoio, assistência humanitária e, no nosso caso, oferecer o amor de Deus e nosso testemunho de fé, todos os dias nos deparamos com histórias como essa, e penso que não é apenas uma das tragédias humanitárias que estão acontecendo neste momento em diferentes partes do mundo. Em muitas dessas tragedias, estão homens e mulheres de Deus trazendo esperança e transformação para aqueles que enfrentam essas adversidades, que não buscam reconhecimento, apenas a chance de colaborar com o que o Senhor está fazendo nesses eventos para trazer transformação e salvação a muitos.

Ministério

Como havíamos previsto, o mês de março foi bem mais tranquilo, pois com o início do Ramad@ a grande maioria dos refugiados que ajudamos passam a maior parte do tempo dormindo. Sim, como já experimentamos em outros lugares, aqui também eles trocam o dia pela noite. No centro de emergência onde acolhemos os refugiados vindos de Canárias a rotina foi totalmente modificada. Agora, eles têm café da manhã às 4:30 da madrugada, antes de começar o jejum, e depois têm uma janta as 19:20 após a quebra do Jejum, e mais uma refeição as 20:30, permanecendo acordados a maior parte da noite. Assim, durante o dia eles estão dormindo. Mas o que chama mais atenção é a tarde, onde a maioria reclama conosco sobre de como é difícil este tempo de jejum e que é um período de muito sacrifício. Na verdade, esses comentários nos abrem muitas portas para testemunhar sobre como é nosso jejum e o seu significado para nós. No abrigo também enfrentamos o mesmo problema e os refugiados que faço acompanhamento muitas vezes não aparecem, e assim vamos seguindo. Por outro lado, as chegadas de barcos de refugiados aumentaram, pois o tempo melhorou e já estamos entrando na primavera, e a partir de abril espera-se um aumento ainda maior. De maio a setembro, a previsão é que neste ano tenhamos um recorde de chegada, pois nos primeiros 80 dias do ano o número de chegadas aumentou mais de 500%. Na associação africana, encerramos o curso básico de espanhol para os refugiados, o que foi uma grande festa, pois tivemos a entrega de certificados para cada um deles. Também tivemos uma janta comunitária com um arroz típico do Senegal, e foi um grande privilegio participar desse momento, pois para cada um desses refugiados isso não é apenas uma conquista linguística, mas uma conquista que gera esperança e oportunidade. Nossa oração e desejo é que com esta nova língua eles também possam ouvir sobre Jesus. Estas oportunidades são tremendas, e que privilégio é estarmos participando de uma forma bem pequena do que Deus está fazendo entre os refugiados aqui em Almería. Agora as atividades na associação devem começar somente após o Ramad@. Sim o jejum deles acaba dia 8 de abril, mas o ponto alto é dia 5 de abril, quando eles têm a “Lail@t @l Q@dr” ou a Noite do Poder, que marca a noite em que o @lcorão foi revelado pela primeira vez ao profeta deles. Nesta noite, aproveitamos que eles buscam poder para clamar para Deus se revelar a cada um deles.

Seguimos com o cuidado virtual de missionários e Tina também segue firme com os estudos bíblicos com as mulheres da igreja e promovendo mentoria online. Também continuamos apoiando nossa igreja parceira, sempre tendo a oportunidade de pregar e compartilhar nossas experiências. É um grande privilégio estarmos juntos com a igreja local.

Pedidos de Oração:

  • Louve a Deus pela recuperação do Ricardo e em especial pelos aparelhos auditivos que conseguimos de forma tão milagrosa para Tina que tanto precisava para melhorar sua qualidade de vida.
  • Continue orando por nossos filhos, noras e netos. Especialmente, ore pela chegada da nossa primeira netinha em junho.
  • Continue orando por nossa saúde e proteção. Ore para que os remédios possam regular melhor os problemas da Tina com a Tiroide.
  • Ore pelo acolhimento de refugiados vindos da África. A quantidade cresce, e com isso, temos mais trabalho e oportunidades para servir e testemunhar de Cristo.
  • Ore para que os refugiados tenham seus corações abertos para a ação do Espírito Santo e sintam curiosidade sobre a fé cristã, e possam fazer perguntas para nós.
  • Ore pelo ministério da Tina com os aconselhamentos, mentorias com mulheres e pelo grupo de estudos bíblicos das mulheres da igreja.
  • Ore também pelo retorno das atividades na Associação africana e para que Deus nos use ali de forma sobrenatural.
  • Ore pela noite especial do dia 5 de abril, onde cremos que Deus se revelara a muitos deles. Ore também pelo encerramento do Ramad@ no 8 de abril e para que possamos testemunhar muitos milagres este período.

Continuamos a confiar em Deus e em Sua providência para guiar nossos passos aqui na Espanha. Sabemos que não estamos sozinhos e que muitos estão segurando a corda. Agradecemos a todos os nossos parceiros pelas orações e seguimos orando para que Deus os abençoe, os fortaleça na fé, na perseverança e no amor por Missões.

Em Cristo Jesus nossa única esperança.

 

Pr. Ricardo & Tina Matioli
Servindo ao Senhor, razão única de nossas vidas!

matioli.missoes@gmail.com

WhatsApp: +34643470164

 

OBS: Como família missionária, somos responsáveis por levanta o apoio necessário de oração e de sustento financeiro para realização de nosso ministério missionário. Caso queira ser um parceiro de oração ou de contribuição, por favor nos escreva. Contamos com seu apoio!

 

 

Para Abençoar nosso Ministério:

PIX: matioli.missoes@gmail.com 

Banco Bradesco (237): Ricardo M Matioli

Agência 560  –  Conta corrente: 112034-4

Banco do Brasil (001) ): Ricardo M Matiol

Agência 3509-2 – Conta corrente: 8355-0

 

4 comentários em “Em Busca de uma Nova Vida! Abr/24”

    1. Nós somos gratos, Layne, por sua amizade e apoio. É uma bênção compartilhar nossas conquistas, bênçãos e também nossas lutas, pois vocês fazem parte de tudo que o Senhor está fazendo através de nós. Não há como descrever este sentimento tão precioso de saber que Deus está conosco e coloca irmãos e irmãs como você para caminharem conosco, nos fazendo sentir que além de Deus, temos vocês aqui conosco. Louvado seja o Senhor por isso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *